Beagles são resgatados no Instituto Royal

1392099_647633568591373_1888232002_nHá quem diga que foram 300, outros dizem 200, segundo o Jornal Hoje, da TV Globo, foram 178 cães da raça beagles resgatados por ativistas na madrugada desta sexta-feira.

Segundo informações de ativistas, os cães possuem chip de identificação e há ordem judicial para pegá-los em clínicas veterinárias e devolver ao Instituto Royal.

A gerente-geral do Instituto Royal, Sílvia Ortiz, que registrou boletim de ocorrência contra a invasão da empresa por ativistas ligados à associações protetoras dos animais, classificou o ato dos ativistas como terrorismo. Ela admite que a empresa realiza testes com animais, mas nega qualquer tipo de maus-tratos. Afirma ainda que o laboratório segue as regras e tem certificação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Assista aqui a reportagem do Jornal Hoje.

Avener Prado/Folhapress
Avener Prado/Folhapress

 

Avener Prado/Folhapress: Sala é encontrada com objetos revirados no Instituto Royal, em São Roque (SP)
Avener Prado/Folhapress: Sala é encontrada com objetos revirados no Instituto Royal, em São Roque (SP)

No boletim de ocorrência de furto qualificado, policiais que acompanharam a manifestação e a invasão no instituto disseram que dependências do estabelecimento foram depredadas e que os cães ali mantidos foram subtraídos. Eles afirmaram ainda que não houve agressões por parte dos manifestantes contra seguranças do local.

327840-970x600-1
Avener Prado/Folhapress: Fezes de animais espalhados em canil do Instituto Royal

Assista a reportagem Record News:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *