Cachorro espera 25 dias dono sair do hospital

secoA espera finalmente acabou. O vira-lata Seco, que ganhou o coração dos gaúchos por aguardar pacientemente o dono sair do hospital, em Passo Fundo, já pode passar todas as horas do dia junto com o seu inseparável amigo. Lauri da Costa, 55 anos, teve alta na manhã desta quinta-feira, após passar 25 dias internado para tratar de um câncer de pele. O primeiro encontro dessa nova fase da amizade foi emocionante.

Seu Lauri e Seco vão morar pelos próximos 90 dia no Albergue Municipal Madre Teresa de Calcutá. Mas ir até a novo lar não foi nada fácil. Ressabiado, Seco se recusou a entrar no carro do hospital que levaria os dois até a instituição. Seu Lauri conta, que o cão já foi atropelado três vezes e por isso não entra em um veículo “por nada nesse mundo.” O jeito foi ir a pé. “Ele pode me esperar esse tempo todo. Ir andando com ele era o mínimo que eu podia fazer,” afirma.

20140414-221635O Albergue onde os amigos ficarão funciona como uma casa de passagens. Mas devido a situação de Seu Lauri, a instituição abriu uma exceção. Atendendo aos pedidos da equipe médica, o morador de rua ficará em um quarto individual, para evitar possíveis contágios. Já Seco, dividirá uma “casinha” no pátio com a amiga Tifi, uma vira-lata que escolheu o Albergue para viver.

De acordo com o coordenador da instituição, Eduardo Camargo, Seu Lauri seguirá com o tratamento para as lesões na pele e terá ainda acompanhamento com assistente social e psicóloga. Como é dependente de álcool e drogas, ele também deve manter o tratamento iniciado no ano passado junto ao Centro de Atendimento Psicossocial do município. E, Seco terá uma função importantíssima nessa recuperação.

Amizade que rendeu admiração

Seco nunca mais vai tomar banho de potinho de margarina ou ter os pelos limpos por “paninhos”. O vira-lata, que agora tem direito a gravatinha no pescoço, tem cuidados especiais. Banho com xampu para cachorro, perfume, massagem e até alimentação balanceada farão parte da nova etapa da vida do cãozinho.

A história de Seco comoveu o dono de uma petshop de Passo Fundo, que não pensou duas vezes em proporcionar um “tratamento de rei” para um “amigo real”. Valtoir de Castro da Silva estava no hospital esperando pelo nascimento do filho quando presenciou a paciente espera do vira-lata.

O primeiro dia de rei de Seco deve acontecer na próxima semana, mas as vacinas já foram feitas.

Retirado do Diário de Santa Maria

Confira a reportagem feita pelo Domingo Espetacular, da Rede Record, no último 20 de abril:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *